Uma das formas mais naturais de transportar o bebé é no porta-bebés. As civilizações mais antigas já utilizavam este sistema, que durou até aos dias de hoje. É uma forma prática de se deslocar com o seu bebé, sem perder o contacto com ele em nenhum momento. Mas, se o porta-bebés e a amamentação andarem de mãos dadas, o sistema é ainda mais recomendável.

Porque é que é aconselhável o porta-bebés e a amamentação?

O porta-bebés e a amamentação formam um tandem perfeito. O porta-bebés oferece a possibilidade de manter o contacto físico com o bebé quando se tem de deslocar de um lugar para outro. Também ajuda a estabelecer a amamentação e facilita a alimentação a pedido em qualquer lugar. Explicamos as vantagens com mais detalhe.

Facilidade para amamentar

As primeiras semanas são difíceis. O porta-bebés permite-lhe manter o seu bebé perto do peito e alimentá-lo a pedido. Pouco a pouco, a mãe aprende a diferenciar os sinais de que tem fome, melhorando a comunicação e fortalecendo os laços emocionais.

Aumenta a produção

Muitas mães têm medo de não produzir alimento suficiente para o seu bebé. A proximidade aumenta os níveis hormonais da mãe. A oxitocina e a prolactina são desencadeadas e aumentam a produção de leite. A utilização de porta-bebés dá maior acessibilidade ao peito.

Descrição

Muitas mães não se sentem confortáveis a amamentar o seu bebé em determinadas circunstâncias. O porta-bebés torna a alimentação do seu bebé mais discreta e íntima. Quer esteja sentada ou de pé, é sempre um bom momento.

Melhora as funções do bebé

A posição de barriga para cima, a posição mais comum para amamentar enquanto usa o porta-bebés, permite ao bebé digerir melhor a comida. Ao manter-se em posição vertical facilita a expulsão de gás e reduz o refluxo, tão comum nos primeiros meses de vida.

Reduz as dores devidas à má postura

É muito comum que muitas mães se ressintam por adquirirem más posturas ao dar de comer aos seus bebés. As costas e os braços podem ser sobrecarregados, especialmente quando o bebé ganha peso. O posicionamento ergonómico torna o aleitamento materno mais confortável.

Tipos de porta-bebés

Cada marca tem diferentes sistemas de porta-bebés. Dentro destes desenhos, destacam-se dois tipos; a funda e a mochila. Explicamos brevemente as características de cada uma delas.

  • Lenço. O desenho é inspirado por tecidos que se entrelaçam para apoiar o bebé. Alguns usam tecidos elásticos e outros usam tecidos normais. Podem ser ajustados para caber em qualquer mãe ou bebé e são sempre confortáveis. Tornam o aleitamento materno mais fácil e mais discreto.
  • Mochila. Dentro destes existe também uma grande variedade, dependendo da marca. São menos ergonómicos para o bebé do que os porta-bebés de lenço, embora existam agora cada vez mais modelos que dão importância a este facto. Se estiver a transportar com um destes porta-bebés, certifique-se de que cumprem esta característica.
  • Bandolera
  • Mei tai
  • Mechila

O transporte e a amamentação complementam-se perfeitamente. Melhoram a alimentação e a ligação entre a mãe e o bebé. Se achou isto útil e gostaria de mais dicas para criar o seu pequeno, continue a ler os artigos no nosso blog.

 

Também pode ler: Como fazer uma bomba de leite caseira

Please select your product
Conversa aberta
Haakaa responde
Olá, como o podemos ajudar de Haakaa?